Artigo da Semana

“Nos games nada se cria, tudo se transforma”… Ou será que não?